Folha de Búzios

Jornalismo como deve ser

Cidade

Praias de Búzios ficarão fechadas para permanência e uso por pelo menos 10 dias

A Prefeitura de Búzios decidiu que as praias do balneário ficarão proibidas para permanência e uso em geral por pelo menos 10 dias, exceto para a prática de atividades físicas individuais.

O novo Decreto Municipal vai intensificar as restrições durante o ‘superferiado’, aprovado pela Alerj na tarde desta terça-feira (23), com o objetivo de evitar a propagação da Covid-19 no município.

O Decreto não revoga o anterior e entra em vigor nesta terça-feira (23), produzindo efeitos a partir do dia 26 de março de 2021, com duração de 10 dias, podendo ser prorrogado futuramente.

Os estabelecimentos comerciais devem limitar o horário de funcionamento até meia-noite, exclusivamente para atendimento em mesas, sendo vedado o atendimento de pessoas em pé. A realização de festas, shows e eventos continua proibida.

Quanto ao limite de pessoas, os estabelecimentos deverão continuar limitados a 50% da sua lotação, janelas abertas, disponibilizando álcool gel e/ou líquido 70º INPM e lenço de papel descartável.

Fica vedado também o comércio à beira de praia, inclusive de quiosques e ambulantes. O funcionamento das escunas, catamarãs, barco táxis e demais embarcações ficam limitados a 50% da sua lotação, disponibilizando álcool gel e/ou líquido 70º INPM, e lenço de papel descartável.

Os veículos de transporte coletivo e alternativo deverão obedecer a taxa de ocupação de 50% de sua capacidade total.

Da redação.

%d blogueiros gostam disto: