Folha de Búzios

Jornalismo como deve ser

Brasil Saúde | Educação

Prefeitura do Rio anuncia 343 leitos para Covid-19 nas redes públicas e privada

A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nesta sexta-feira (01) a abertura de 343 leitos para Covid-19 nas redes públicas e privadas do município. O Secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, informou que serão 193 leitos reabertos na rede pública, sendo 60 deles imediatamente.

Já na rede particular, o objetivo é contratar 150 leitos. 30 leitos no hospital Souza Aguiar, no Centro; 30 leitos no Ronaldo Gazolla, em Acari, que também vai receber outros 50 ainda este mês; 23 leitos no Salgado Filho, no Méier; 60 leitos no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no Fundão. Os 343 leitos que a prefeitura quer reabrir podem amenizar o sofrimento de pacientes que aguardam vaga numa enfermaria ou UTI de Covid.

Atualmente, a fila tem 300 doentes, 66 pessoas a mais do que foi registrado no último dia de 2020. De acordo com Daniel Soranz, o município e o governo do estado terão apenas uma central de regulação de leitos. O secretário disse também que o hospital de campanha do Riocentro – que há nove dias não recebe mais nenhum paciente – será desativado brevemente. O fechamento, segundo Soranz, será gradual, na medida em que os novos leitos forem sendo reabertos.

“A gente recebeu o hospital de campanha com 42 pacientes, é uma mega estrutura. Ele foi inaugurado para receber 500 pacientes…nunca recebeu. É um hospital que tem problemas estruturais gravíssimos…que tem um problema de desempenho clínico, então a prioridade é investir em unidades próprias. A gente vai fazer isso de maneira gradual, sem colocar nenhum paciente em risco”, comentou o secretário.

Fonte: G1

%d blogueiros gostam disto: