Folha de Búzios

Jornalismo como deve ser

Política

Senador flagrado com dinheiro na cueca se licencia por 90 dias do Senado

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com mais de 30 mil reais em dinheiro na cueca durante uma operação da Polícia Federal que cumpriu mandado de busca e apreensão em sua casa na semana passada, pediu licença de 90 dias ao Senado, informou a assessoria de imprensa do parlamentar.

O afastamento de Rodrigues, que era vice-líder do governo do presidente Jair Bolsonaro à época da operação, mas pediu exoneração do posto após o episódio, já havia sido determinado em decisão monocrática do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), mas cabe aos senadores decidirem se mantêm ou não a decisão.
A decisão de Barroso de afastar Rodrigues está na pauta do plenário do Supremo para ser analisada na quarta-feira.

“Pediu licença. Noventa dias. Irrevogável, irretratável e sem recebimento de salários no período”, disse a assessoria de imprensa do parlamentar.

Os recursos na cueca de Rodrigues foram encontrados por agentes da Polícia Federal durante operação que apura supostos desvios em recursos destinados ao combate à pandemia de Covid-19.

A defesa do senador nega irregularidades, diz que o dinheiro apreendido tem origem lícita, seria usado no pagamento de salários de funcionários de empresas da família do parlamentar e que foi uma reação impensada escondê-los na cueca.

(Reportagem de Ricardo Brito, em Brasília, e Eduardo Simões, em São Paulo)
Fonte: Jornal Extra

%d blogueiros gostam disto: