Folha de Búzios

Jornalismo como deve ser

Cidade Saúde | Educação

Moradora de Búzios vence o câncer e vira exemplo de superação

A moradora de Búzios, Flávia Gonçalves, é mais um exemplo de força e superação. Em setembro de 2019, descobriu um câncer de mama que trouxe muitas dificuldades. Mas, agora, quase um ano depois do diagnóstico, Flávia pode declarar em tom de felicidade: venci a luta contra a doença.

Confira agora o relato emocionante de Flávia, que foi preparado com a ajuda da filha, Mariana Gonçalves.

“Sou Flávia Gonçalves, moradora de Buzios, filha da Saudosa Amélia Gavina, mais conhecida como Currina. Em 23 de Setembro de 2019, eu recebi o diagnóstico que confirmava um Carcinoma Invasivo da Mama Grau II, também conhecido como Câncer de Mama. Ao receber essa notícia, eu me desesperei e comecei a chorar questionando a Deus o motivo dessa doença que traz tanto medo”

“No início, não aceitei e saí da Policlinica sem rumo e sem direção, andando pelas ruas de Búzios. Ali, naquela manhã, eu deixei o medo entrar em meu coração e saber que eu estava com um tumor era algo que me dava muito pânico, visto que na minha família já tinha perdido alguns irmãos com essa maldita doença. No início foi tudo muito difícil, eu não queria me tratar e relutei, mas com o apoio dos meus filhos Luiz Bernard e Mariana, da minha família, eu aceitei fazer o tratamento e fui encaminhada pra Onkosol, em Cabo Frio”.

“Chegando lá, era tudo muito novo e, mais uma vez, o medo falou mais alto. Ao ser atendida pela excelente Dr Cleudes A. Gomes, a Oncologista, pude ver que não era o meu fim e, sim, um recomeço de um novo tempo que só dependia de mim mesma”.

“O dia 31/10/2019 foi a minha primeira consulta e sessão de quimioterapia. Aquilo era uma realidade que eu nunca imaginava passar e uma frase que marcou aquele início foi: “A mama que deu a vida, não pode tirá-la”. Ali comecei a enxergar aquelas sessões de quimio como algo que poderia me fazer bem. O processo de quimioterapia não é fácil, traz muitas mudanças no organismo e as reações são fortes demais e por muita das vezes eu pensei em parar, pois as dores me consumiam e não havia remédio que aliviasse, fui pedindo forças a Deus. Eu tinha fé que Ele me sustentaria até o término do tratamento”.

“Ao todo, passei por 9 sessões de quimioterapia. Na primeira fase, foram as químicas brancas e, na segunda, as químicas vermelhas, além de muitos exames, consultas e restrições. Eu agradeço a Deus, porque nesse período eu pude conhecer outras pessoas e pude ver que o “meu câncer” não era nada, existiam pessoas com problemas maiores do que os meus e, ali, eu ia me fortalecendo a cada dia. Nessa caminhada, muitos anjos apareceram no meu caminho, me motivando a prosseguir”.

“Os meus netos Bernardo e Júlia foram a minha inspiração pra lutar pela minha vida. Meu agradecimento a toda minha família, aos meus amigos por cada demonstração de carinho e, em especial, a minha filha Mariana Gonçalves, que foi incansável nessa batalha e esteve ao meu lado desde o início me apoiando. Se não fosse Deus e ela, eu não teria conseguido chegar até o término do tratamento. No dia 28 de maio de 2020, eu concluí a última sessão de quimioterapia e ali pude ter a certeza de que valeu a pena passar por todo o processo, pois ao mostrar os últimos exames, a Oncologista me informou que eu tinha concluído com êxito e que o tumor tinha sumido. Naquele dia, eu pude tocar o sino como prova de que missão dada é missão cumprida”.

“No dia 17 de junho, passei pela revisão com o Mastologista, o Dr Gilson Mazillo, que mais uma vez confirmou que o câncer que tinha 8 cm virou uma pele morta e no lugar do tumor ficou uma cicatriz. A palavra que resume esse momento é GRATIDÃO ao meu Deus que me curou e aquilo que parecia ser meu fim foi só o início de um novo tempo. Se você também está passando por essa situação, quero te dizer que maior que qualquer câncer, existe um Deus que pode todas as coisas e que pra Ele nada é impossível. Se eu consegui, você também consegue, basta ter fé!”

“Meu muito obrigada a Prefeitura Municipal de Armação dos Búzios que desde o início me deu todo suporte autorizando todos os exames com agilidade e todo o tratamento na Onkosol”.

Depoimento de Flávia Gonçalves com texto de Mariana Gonçalves.

%d blogueiros gostam disto: