Folha de Búzios

Jornalismo como deve ser

Região dos Lagos Saúde | Educação Segurança

PF investiga suposto esquema de desvio de verbas da Covid-19 em Cabo Frio

A cidade de Cabo Frio virou palco de uma investigação envolvendo a Polícia Federal e o Ministério Público nesta segunda-feira (16) sobre um suposto esquema de desvio de verbas da Covid-19.

Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público, a “Operação Exam” investiga irregularidades que podem ter causado prejuízos de mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos.

Os agentes saíram para cumprir mandados de busca e apreensão em Cabo Frio e em endereços na capital, além de cidades como São Pedro da Aldeia, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Miracema e Vila Velha, no Espírito Santo.

Ao todo, são 28 alvos, dentre residências, empresas e órgãos públicos, sendo 14 pessoas físicas, 11 empresas e três órgãos públicos. Um dos locais é a sede da Secretaria Municipal de Saúde de Cabo Frio.

Segundo o Ministério Público, a investigação começou antes da pandemia, com um aprocedimento do MPF, anterior à pandemia, que apurava licitações e contratos para a realização de exames laboratoriais. Foram mobilizados 90 agentes da Polícia Federal e 15 da Controladoria Geral da União (CGU).

Com informações do G1.