Folha de Búzios

Jornalismo como deve ser

Esportes

O atleta de Stand Up Paddle, Vinnicius Martins, vai disputar os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru

Por Juan Rodriguez

As competições terão início no dia 26 de julho. Morador do bairro Manguinhos, o jovem de 23 anos representará a cidade de Armação dos Búzios na competição esportiva mais importante do continente.

Com uma ligação muito forte com o balneário, Vinnicius nasceu no Rio de Janeiro, mas sempre morou em Búzios. Foi no Búzios Vela Clube, localizado na Praia de Manguinhos, inclusive, que se apaixonou pelos esportes aquáticos e deu início à sua vida como atleta profissional.

“Eu cresci ali no Búzios Vela Clube, em Manguinhos, com o pessoal falando de esportes. Quando eu era pequeno, tinha muito medo do mar, mas ai comecei a velejar de windsurfe e fui perdendo esse medo. Depois disso, meu interesse pelos esportes aquáticos só cresceu. Sempre tive muitos amigos que surfavam também”.

Antes de ingressar na carreira de atleta de Stand Up Paddle, mais conhecido como SUP, Vinnicius se aventurava em outras modalidades, incentivado pela facilidade de praticar esportes aquáticos na cidade.

“Com uns nove anos, eu ajudava os professores de windsurfe dando umas aulas no verão. Eles costumavam remar em pé em uma prancha de windsurfe com um remo de caiaque. Era um bom jeito de ir atrás dos alunos. Só que, de vez em quando, não tinha muito vento, então saímos para dar um passeio com esse novo meio de locomoção. Até que um dia eu vi o SUP na televisão, o pessoal falando que era um esporte que tinha começado no Havaí. Só que eu parei para pensar e percebi que já praticava! Não tinha nome, nem nada, mas eu já fazia esse esporte”.

Fascinado com a descoberta, Vinnicius começou a praticar cada vez mais, já que a modalidade crescia muito no Brasil. Em Búzios, por exemplo, existe a tradicional prova “Rei de Búzios”, vencida quatro vezes por ele. Aproveitando-se da noção que já possuía do mar, o jovem passou a ter bons resultados e investiu na carreira.

“Depois que fui bem em algumas competições, me animei de vez. Mas o grande passo para me profissionalizar foi ter começado a treinar com o Marcelo Borges, que treinou atletas consagrados como a triatleta Fernanda Keller. Minha performance deu um salto muito grande. Com muito trabalho envolvido, fui me apaixonando pelo SUP, viajando pelo mundo e as coisas foram acontecendo”.

Mas apesar de já ter rodado por vários países, Vinnicius não esquece das suas origens e garante que é “uma pessoa completamente apaixonada por Búzios”, cidade que, para ele, possui um charme muito especial.

“Eu pude conhecer vários lugares legais reconhecidos pelo turismo, como Fiji, Indonésia… Mas Búzios não fica atrás de nenhum desses lugares. Eu treino e moro em Manguinhos, é um lugar muito calmo. Sempre que estou em um momento de mais tensão, como em um torneio, gosto de fechar os olhos e imaginar que estou na Praia de Manguinhos. Isso me traz uma tranquilidade muito grande”.

Prestes a levar o nome do balneário aos Jogos Pan-Americanos, Vinnicius segue sua preparação para retornar para as areias de Manguinhos com uma medalha no peito.

“Representar o Brasil é uma honra e uma grande responsabilidade. Poder ajudar o meu país em uma competição tão importante será maravilhoso”.

%d blogueiros gostam disto: