Folha de Búzios

Jornalismo como deve ser

Segurança

MP e Polícia Civil cumprem mandados de prisão na Região dos Lagos

O Ministério Público do Rio de Janeiro, em parceria com a Polícia Civil, realiza nesta quinta-feira (31) a Operação Conexão Búzios, para cumprir mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra 60 suspeitos de integrar à facção criminosa Comando Vermelho (CV) e 11 ligados à facção Terceiro Comando.

Eles são apontados como acusados por tráfico ilícito de drogas, extorsão, lesão corporal, porte ilegal de armas, homicídio e lavagem de dinheiro. Os crimes foram cometidos no Rio de Janeiro e em quatro municípios da Região dos Lagos. 

Segundo o MPRJ, a partir das investigações realizadas por meio de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça, foi possível identificar que, no período de janeiro de 2018 até janeiro deste ano, os 71 denunciados associaram-se em organizações para a prática de tais crimes na capital fluminense e nas cidades de Araruama, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio e Armação dos Búzios – em especial em comunidades carentes dessas localidades.

“Os denunciados praticaram o delito de tráfico ilícito de entorpecentes mediante utilização de armas de fogo e de intimidação dos moradores das comunidades de baixa renda da região, que eram dominadas territorialmente pela organização criminosa pela violência e intimidação constantes, consistentes em represálias contra quem se insurgisse contra o domínio”, aponta o MPRJ, afirmando ainda que os moradores eram obrigados a agir conforme a chamada ‘lei do tráfico’.

Um dos mandados de prisão é contra uma empresa prestadora de serviços de internet, em São Pedro da Aldeia, que, segundo o MPRJ, era comandada por sócios ligados ao CV e o sinal era fruto de interrupção de sinal de provedores regulares legalmente no município.

Da redação

Com informações do RC24H

%d blogueiros gostam disto: