Prefeito do Rio de Janeiro cancela a festa de Réveillon

O Prefeito do Rio de Janeiro anunciou neste sábado (04), na sua conta de Twitter, que o município não terá festa de Réveillon este ano na Praia de Copacabana e em outros pontos da cidade. De acordo com o Prefeito, entre a decisão dos comitês científicos municipal e estadual, vai valer sempre a mais restritiva. O Prefeito também explicou que vinha conversando com o Governador do Estado do Rio de Janeiro e que a recomendação de cancelamento não era o que ele vinha lhe passando até então.

Ele afirmou que está acatando a decisão estadual. De acordo com a Riotur, a festa ainda não tinha patrocínio oficial para este ano. Por fim, ele lamentou que a festa tenha que ser cancelada, e ressaltou as dificuldades em relação a medidas de segurança sanitária e de logística para se organizar a festa em tão pouco tempo. O Comitê Científico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) orienta também os outros municípios do Estado e suas respectivas festas. Nem todas as prefeituras já tomaram uma decisão definitiva em relação ao réveillon.

O principal temor é em relação à falta de conhecimento que a comunidade científica tem sobre a nova variante da Sars-Cov-2, a Ômicron. Antes do Rio de Janeiro, outras 21 capitais brasileiras também já haviam anunciado o cancelamento da festa de Réveillon. Entre elas, estão o Estado de São Paulo, João Pessoa, Recife, Florianópolis e Fortaleza. Na maioria dos casos, no entanto, os anúncios não foram acompanhados de novas medidas restritivas, e festas particulares continuam permitidas.

Por Pier Luro